Como melhorar o posicionamento do seu site em qualquer nicho de mercado

Você já parou para pensar quantas oportunidades pode estar perdendo simplesmente por seu site não estar posicionado pelo menos na primeira página do Google? E que melhorar posicionamento no Google é essencial para seu o negócio?

Se não, deixa eu te ajudar:

Isso significa que, se o seu site não estiver pelo menos entre os 4 primeiros colocados em uma pesquisa realizada por um potencial cliente seu, dificilmente (mas muito dificilmente mesmo) o seu site será escolhido.

Por isso, como já falamos bastante por aqui, estar bem posicionado no Google pode determinar – literalmente – o sucesso ou fracasso de sua empresa.

Ou como dizem por aí, se você está na segunda página, você é o “primeiro perdedor”

qq

Fonte: Search Engine Watch

Mas calma! Se seu site ainda não está nas primeiras posições do Google, não precisa entrar em pânico!

Nós não queremos ver ninguém saindo no prejuízo por falta de informação, resolvemos reunir as 08 dicas mais valiosas para melhorar posicionamento no Google.

Vamos lá?

1. Pesquisa das palavras-chave

Palavras-chave são aquelas palavras que resumem os principais temas tratados em um determinado artigo ou conteúdo.

Em termos de otimização de conteúdo para sistemas de busca (SEO), elas servem para mostrar ao Google qual assunto aquele conteúdo se trata e, por isso, são de extrema importância na hora de posicionar o seu site de acordo om o seu nicho de mercado.

Para saber quais as palavras-chave mais utilizadas por seu público alvo para pesquisar sobre um produto ou serviço que sua empresa oferece, você pode usar as ferramentas Google Keyword Planner e Google Trends.

2. Densidade das palavras-chave

Um parágrafo pode conter várias palavras-chave, e não existe uma regra definitiva de quantas vezes você deve usar a mesma palavra-chave em uma peça de conteúdo.

Porém, acreditamos que o melhor nesse caso é sempre ter bom senso, e usar uma determinada palavra-chave apenas quando ela é necessária ou não prejudique a qualidade do artigo.

Também é importante levar em consideração que o Google pode penalizar aqueles sites que utilizam palavras-chave de forma exagerada apenas para conseguir um bom posicionamento, sem conteúdo realmente relevante.

3. Formatação do Texto

Para melhorar posicionamento no Google, é necessário saber qual tipo de conteúdo cada site na web possuí e dessa forma apresentar os melhores resultados possíveis para seus usuários, o Google utiliza uma série de algoritmos conhecidos como spiders.

Quanto mais você simplificar a vida dessas spiders com marcadores (para mostrar que aquilo é uma lista) e estilos de títulos (para mostrar que aquela linha na verdade é um subtítulo), por exemplo, maiores serão as chances do seu site se posicionar bem no Google.

qqq

4. Links internos e externos

A construção de links internos (que levam de uma página à outra dentro do seu próprio site) é muito importante para melhorar posicionamento no Google.

Quanto mais links indicarem uma determinada página, maior será a importância dela para SEO.

Já os links externos servem como referências positivas para a sua página. Se muitos outros sites indicam alguma página sua, os algoritmos do Google entendem que ela é importante e, portanto, merece ter um melhor posicionamento.

Os links internos estão exclusivamente sob seu controle, já os externos, depende de esforços maiores como contribuição para outros sites, guests posts, publicidades, etc.

A construção de links internos e externos também é conhecida como link building, e com certeza é um dos fatores que mais influenciam o posicionamento do seu site.

5. Textos alternativos das imagens

Mesmo com toda a complexidade e evolução dos algoritmos do Google, eles ainda não são capazes de “ver” uma imagem e identificar do que ela se trata.

Por isso é muito importante que você mostre o que é aquela imagem através do texto alternativo.

O texto alternativo não é mostrado para o público geral, por isso não há necessidade de muitos detalhes. Apenas certifique-se de que todas as imagens do seu site possuem um site alternativo que descreve bem o que aquela imagem está representando.

Caso contrário, os algoritmos não conseguirão entender o que são aqueles “espaços” e podem classificá-lo como um erro da página, o que prejudica bastante o posicionamento do seu site.

6. Plugin Yoast SEO

Se você usa o WordPress para gerenciar o seu site, uma forma muito simples de simplificar a adaptação do seu conteúdo para SEO é através do plugin Yoast SEO.

O plugin está em inglês, mas é superintuitivo e fácil de usar. Ele cria “níveis” de SEO para cada página ou postagem do seu site, e fornece instruções de como melhorar esse nível o máximo possível.

Você pode usar o plugin gratuitamente (apenas algumas funções são pagas) e conseguir ótimos resultados para o seu site, além de tornar o processo de otimização de SEO fácil e acessível para qualquer pessoa.

7. Google Search Console

O Google Search Console (antigo Webmaster Tools) é uma ferramenta gratuita do Google que permite o monitoramento e manutenção da presença do seu site nos sistemas de busca.

Além de permitir uma série de modificações e configurações de como o seu site será classificado, o serviço oferece um guia muito fácil e prático de ser seguido, ensinando como incorporar tags no código do seu site, fazer upload do mapa do site e vários outros aspectos técnicos que podem favorecer o seu posicionamento no Google.

Além disso, o Google Search Console monitora e controla as ameaças de spam e malwares no seu site, evitando problemas que podem ocorrer por falta de segurança.

8. Conteúdo de Qualidade

Que a verdade seja dita: nenhuma das práticas anteriores serão de grande utilidade se o seu site não possuir, de fato, conteúdo de qualidade.

Ou seja, conteúdo relevante e útil que resolve alguma dúvida (ou problema) do seu público consumidor. Mesmo que você aplique todas as práticas anteriores e consiga posicionar o seu site bem no Google, duas coisas irão acontecer.

  • O seu site sofrer penalidades do Google, prejudicando ou até banindo seu site do sistema de buscas.
  • As pessoas encontrarão seu site, mas não ficarão nele por muito tempo e nem ter confiança para comprar ou contratar um serviço seu. Isso significa tempo e dinheiro desperdiçado.

A criação de conteúdo de qualidade envolve investimento, planejamento, tempo e estudo sobre Inbound Marketing. Por isso, pode parecer intimidador para algumas empresas investir esforço neste tipo de trabalho…

Mas como já falamos por aqui, tem muita empresa obtendo ótimos resultados com isso.

Via: profissas

Quer saber mais sobre o assunto ou melhorar posicionamento do seu site em Palmas – TO? Entre em contato agora mesmo. Vamos tomar um café e trocar uma ideia!

comercial@artemsite.com.br

63. 3225-6565



Deixe uma resposta